ERP específico para construção civil


Responder Mensagem
    Responder com Citação

ERP específico para construção civil

Regina - Consultora
postou em Ter, 25 Mar 2008, 19:11
Visitante

    Se você quer realmente conhecer um software ERP especifico para Construção Civil, pode me ligar.Uso o SIENGE. O sistema tem orçamento, planejamento (integra Ms-Project), acompanhamento do planejamento, suprimentos com gestão de contratação de serviços, suprimentos com gestão de compras, suprimentos com gestão de estoques, financeiro, contabilidade e análises gerenciais. Tudinho integrado, com fluxos de caixa, cronogramas de desembolso e de Gant e muito mais!
    Se interessou? Meu e-mail é regina44.celi@uol.com.br -


      Responder com Citação

    Fórum E-Civil
    postou em
    Advertising



      Responder com Citação

    Regina Celi de Campos
    postou em Dom, 02 Nov 2008, 21:21
    Usuário Nível 1 | Mensagens: 14

      Novidade!!! O SIENGE agora é SIENGEWEB, isto quer dizer, 100% WEB. Esqueça os altos investimentos em redes, computadores de alta performance, etc.
      SIENGE o primeiro software com tecnologia SaaS - Software como Serviço, específico e segmentado para construção civil.
      Acesse www.sienge.com.br

      _________________
      Regina Celi
      Consultor SIENGE Norte/Nordeste
      SIENGE - SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO PARA EMPRESAS CONSTRUTORAS E INCORPORADORAS
      skype: celi.regina
      Implantação de Sistemas, Treinamento, Diagnóstico Empresarial, Planejamento Estratégico

        Responder com Citação

      PESQUISA SOBRE SOFTWARES (ERP) PARA A CONSTRUÇÃO CIVIL

      rodolfo.ferreira
      postou em Qui, 26 Jul 2012, 09:45
      Usuário Nível 1 | Mensagens: 4

        Existem diversos Softwares ERPs no mercado da Construção Civil atualmente, porém existem poucas Soluções com altos níveis de aderência ao segmento. É preciso pesquisar e ir a fundo na questão do atendimento às necessidades específicas do dia-a-dia do profissional que atua na Construção Civil.

        De acordo com a Revista Série Estudos, uma pesquisa foi realizada para medir e pesar duas variáveis para adequação e crescimento no mercado da Construção Civil, umas delas é o termo "Weight of Segment" (traduzido como peso no Segmento) ou aderência da Empresa ao mercado de atuação.

        Como Resultados temos as seguintes empresas e porcentagem:

        1 - POLIVIEW (ERP SIECON)
        PESO NO SEGMENTO: 64,4%
        CRESCIMENTO: 33%


        2 - MEGA (ERP MEGA)
        PESO NO SEGMENTO: 23,1%
        CRESCIMENTO: 10,2%

        3 - SOFTPLAN (ERP SIENGE)
        PESO NO SEGMENTO: 14,6%
        CRESCIMENTO: 20,1%

        1 - SAP
        PESO NO SEGMENTO: 1,1%
        CRESCIMENTO: 41,6%

        1 - TOTVS (ERP RM)
        PESO NO SEGMENTO: 0,8%
        CRESCIMENTO: 21,8%

        [b]FONTE: SÉRIE ESTUDOS


        _________________
        Rodolfo Ferreira

          Responder com Citação

        ERP específico para construção civil

        IsaacdeCristo
        postou em Qui, 26 Jul 2012, 13:57
        Colaborador Nível 5 | Mensagens: 3222

          Cara Regina,

          Como ficam os custos deste software? E quanto às formas de pagamento e de suporte e atualizações?

          _________________
          Brick wallVai construir, reformar ou investir em imóveis?
          Leia o livro "CONHECENDO OBRAS" 3ª Ed
          Autor: ISAAC DE CRISTO - Arquiteto (CAU: 171432-5)

          www.isaacdecristo.com.br

            Responder com Citação

          Fórum E-Civil
          postou em
          Advertising


            Responder com Citação

          O querem dizer com software específico?

          paraomarcao
          postou em Qui, 28 Mar 2013, 14:14
          Usuário Novato | Mensagens: 1

            Os exemplos aqui citados falam sobre a melhoria que o ERP trouxe para a empresa e falam que são específicos para o setor. O que eles tem de diferente? É algum processo específico? Agradeceria se alguém explicasse melhor isso.

            Obrigado.

            _________________
            Marcos Sousa

              Responder com Citação

            jony.santos
            postou em Qui, 04 Abr 2013, 16:03
            Usuário Nível 1 | Mensagens: 3

              Esses software citados são mais utilizados em grandes construtoras ... Um software que tive contato apouco tempo e em termos de interface dá de 10 a zero no Sienge, que eu conheço é o SIGO. é só jogar no google : duo3 sigo.

              Os Softwares descritos acima quando usados pra muito usuário, mais de 5 por exemplo, sobre muito o preço, o que é diferente no sigo.

                Responder com Citação

              Re: O querem dizer com software específico?

              Regina Celi de Campos
              postou em Qui, 04 Abr 2013, 17:44
              Usuário Nível 1 | Mensagens: 14

                paraomarcao escreveu:Os exemplos aqui citados falam sobre a melhoria que o ERP trouxe para a empresa e falam que são específicos para o setor. O que eles tem de diferente? É algum processo específico? Agradeceria se alguém explicasse melhor isso.

                Obrigado.


                Marcos, ao contrário do que dizem, os softwares segmentados são ideais para pequenas e médias empresas. Primeiramente porque atendem direta e objetivamente suas necessidades, falam a mesma linguagem que sua empresa conhece. Por exemplo: o Sienge facilita a elaboração de orçamentos de obra porque já vem com diversos serviços e composições específicos da construção civil, os insumos (materiais e mão de obra) já vêm devidamente organizados, de acordo com famílias de materiais e serviços ou itens normalmente utilizados em Engenharia Civil. Poderia citar diversas vantagens em ter um software específico para o segmento mas, posso destacar a redução no tempo de implantação e a facilidade de comunicação com os profissionais do Sienge que atuam ou já atuaram no segmento.
                Regina Celi
                Consultor Sienge - Fortaleza /CE

                _________________
                Regina Celi
                Consultor SIENGE Norte/Nordeste
                SIENGE - SISTEMA INTEGRADO DE GESTÃO PARA EMPRESAS CONSTRUTORAS E INCORPORADORAS
                skype: celi.regina
                Implantação de Sistemas, Treinamento, Diagnóstico Empresarial, Planejamento Estratégico

                  Responder com Citação

                Fórum E-Civil
                postou em
                Advertising


                  Responder com Citação

                jony.santos
                postou em Sex, 05 Abr 2013, 12:37
                Usuário Nível 1 | Mensagens: 3

                  Marcos,

                  Depende do seu investimento e do que você precisa . Vale a Pena conhecer os dois. Agora em relação a interface RATIFICO o que eu disse.

                  Grande abraço !

                    Responder com Citação

                  ERP´s

                  Guilherme Garc
                  postou em Sáb, 06 Abr 2013, 23:03
                  Usuário Nível 4 | Mensagens: 163

                    A muito que vem sendo tentado a introdução de ERP´s na indústria da construção civil, no entanto, a criação da cultura dentro das construtoras esbarra nas interfaces, como menciona o Jony.

                    Já utilizei alguns, podendo citar o Sienge (nas versões mais antigas, na versão com layout "Windows" que é um pouco mais agradável e na versão web), o UAU! (que é bem parecido com o Sienge, mas eu achei a interface um pouco menos burocrática) e o CIVIL (que era bem elementar).

                    No fundo, nossos processos são muito mutantes, voláteis, e quando nos damos conta, trabalhamos dentro do ERP mais com as exceções do que com as regras, onde a todo momento precisamos de uma artimanha e uma autorização do administrador do sistema para burlar alguma restrição. É quando a equipe técnica começa a julgar mais produtivo as boas e velhas planilhas aliadas aos softwares de planejamento e banco de dados, que para quem está acostumado, faz com que eles sejam totalmente compatíveis e se conversem sem nenhum problema, tornando o ERP um problema e não uma solução. São tantas idas e vindas dentro do software que o pessoal desiste mesmo.

                    Na indústria de processos (automobilística e eletromecânica por exemplo), as rotinas são mito mais sistemáticas, o que explica em parte o grande sucesso do SAP, que já vem de uma cultura KAIZEN, 5S, W´s, Escama de peixe, o antigo O&M, entre tantos.

                    O passo a ser dado nessa direção é muito maior que a perna.

                    A construção civil engatinha em uma rota aleatória, caótica, e tenta arriscar alguma discussão sobre "Lean Construction".

                    Em um país onde muitos profissionais ainda não sabem o que é método de elementos finitos, tem dificuldades em operar singularmente o Excel, P.O. nem pensar, fica muito difícil.

                    _________________
                    Abraços e bons trabalhos.

                    Projetos e Consultorias em materiais
                    Soluções sustentáveis
                    Engenharia Diagnótica

                    Guilherme Custódio Garcia Jr
                    garc.engineer@gmail.com
                    11- 2306 4800
                    11- 9 8516 0420

                      Responder com Citação

                    jony.santos
                    postou em Dom, 07 Abr 2013, 12:32
                    Usuário Nível 1 | Mensagens: 3

                      Guilherme Garc,

                      Esse sistema SIGO - Duo3, pelo que conheço tem um novo conceito de usabilidade e é bem volátil quanto as suas funcionalidades.Não é burocrático como os sistemas mais tradicionais.

                      Realmente é um sistema de nova geração, é um sistema que já está a dois anos no mercado, logo estável. Também é um sistema que está em crescimento, novos módulos estão sendo construídos.

                      O que posso lhe garantir é que, dentro da proposta dele, com os módulos que estão desenvolvidos, o http://www.duo3.com.br/site/index.php/sigo/ é diferente, é melhor.

                      Telas simples e eficientes. Vale a Pena conhecer para depois opinar.


                      Vale a pena conhecer .

                      Grande abraço !


                      Responder Mensagem


                      Softwares