Arquiteto X Engenheiro: Caso Real


Responder Mensagem

Arquiteto X Engenheiro: Caso Real

IsaacdeCristo
postou em Sáb, 22 Ago 2009, 23:26
Colaborador Nível 5 | Mensagens: 3222

    Caros amigos,

    Quem é da área de Construção Civil ou Arquitetura, certamente já escutou histórias e máximas sobre engenheiro x arquiteto.

    Quando entrei na Universidade Federal da Bahia em 1988, no curso de Arquitetura e Urbanismo, as disciplinas eram estudadas cada uma na unidade de origem, assim, três vezes por semana nos dirigíamos para a Escola Politétécina para as aulas de Topografia. Lá estudavam juntos, alunos de Arquitetura e de Engenharia. Até aí, tudo bem, já sabíamos, pois já estudáramos outras disciplinas como Matemática, Física, Cálculo, etc.

    Mas imaginem a nossa surpresa quando no primeiro dia de aula, o professor se apresentou dizendo:

    -MEU NOME É GILMAR DA MATA GANTOIS, SOU ENGENHEIRO, NÃO GOSTO DE ALUNOS DE ARQUITETURA, DETESTO ESTA IDÉIA DE ENSINAR ALUNOS DOS DOIS CURSOS JUNTOS NA MESMA TURMA, E NÃO ADMITO FACILITAR NAS AVALIAÇÕES, PARA QUE OS ALUNOS DE ARQUITETURA NÃO SEJAM TODOS REPROVADOS, PORTANTO ESTUDEM, SE VIREM E NÃO ATRAPALHEM A MINHA AULA COM PERGUNTAS IMBECÍS...

    Imaginem o quanto apavorados ficaram os alunos de Arquitetura, enquanto os de engenharia sorriam e desdenhavam das nossas caras.

    As aulas transcorriam sem que ousássemos fazer perguntas e muito menos nos misturar aos alunos de engenharia.

    Modéstia à parte, as ameaças daquele professor não me abalaram pois fiz arquitetura por convicção e sempre gostei de Construção Civil - obras, projetos, cálculos, etc.


    O EXERCÍCIO

    Determinado dia aquele professor passou uns exercícios na sala, e neles havia um que era uma poligonal, onde deveríamos fechá-la ("zerá-la") gráfica e analiticamente. Para minha surpresa, não havia meios que a fechasse... por várias vezes fiz e refiz os cálculos. Chamei o colega Sávio Ponte, que sempre estudava comigo, mostrei o meu questionamento e ele receoso, percebendo que eu queria questionar ao professor, me aconselhou revisar os cálculos novamente. Eu revisei jutamente com ele e chegamos à conclusão de que o erro estava num azimute do enunciado, mas ele não me encorajou a questionar.

    Àquela altura eu já começava a tremer, sabia que poderia estar blefando, e o mico não seria dos pequenos. Tomei coragem, respirei fundo, resolvi enfrentar a fera. Minha voz tremia, quase não saía e comecei a falar sem me levantar:

    -Professor, eu gostaria de questionar o exercício tal... pois acredito que não há como fechar esta poligonal...

    Fui sumariamente interromdo: Gantois não se deu ao trabalho de se voltar em minha direção para me escutar enquanto eu falava. Ele estava lendo um jornal ou uma revista, (não me lembro), simplesmente falou firme sem considerar nada do que eu havia falado, ou pelo menos tentara falar:

    -VOLTE, VÁ ESTUDAR E DESCOBRIR PORQUE VOCÊ NÃO CONSEGUE RESOLVER O PROBLEMA..." E continuou a desdenhar juntamente com os alunos de engenharia que sorriam de mim e claro... dos demais alunos de arquitetura.

    Novamente e inseguro tornei a rever o exercício, repetidas vezes tirei provas, todas as provas que pude... convencí-me de que eu estava certo.
    Àquela altura o colega Sávio já me encorava muito menos. alguns outros colegas solidários vieram à minha carteira, querendo que eu estivese certo, pediam para que eu fosse prudente. Depois de muito hesitar em um conflito psicológico, moral, desabafo, (sei lá o que), pensei: .oO "Posso pagar este mico novamente, mas não levarei pra casa esta dúvida."

    DESAFIO FINAL

    Levantei-me, a turma calou completamente e se voltou para mim, que ainda mais nervoso e trêmulo, dirigí-me até à frente, e de maneira que se tentasse falar normalmente a voz não sairia, falei gritando:

    -PROFESSOR GILMAR DA MATA GANTOIS, NESTA INSTITUIÇÃO O SENHOR É PROFESSOR E EU SOU ALUNO, DESTA FORMA, O SENHOR TEM O B R I G A Ç Ã O DE ME ESCUTAR, ENTÃO LHE PEÇO PERMISSÃO PARA IR AO QUADRO DEMONSTRAR MINHA CONCLUSÃO ACERCA DESTE EXERCÍCIO...

    Ele parou, fria e lentamente virou-se em minha direção, respondeu, desta vez em tom suave:

    -Está aí o giz.

    A sala de tão silenciosa, parecia um tûmulo, então peguei um giz e no quadro, comecei a calcular aquela poligonal, enquanto riscava o quandro, falava gritando tudo que escrevia e raciocinava, até que cheguei à conclusão, lembro-me que gritando de tão nervoso que estava concluí:

    -...ENTÃO PROFESSOROR GILMAR, ESTA POLIGNAL NÃO FECHA, POIS O AZIMUTE DO PONTO (TAL) O LEVA PARA (TAL) DIREÇÃO, FAZENDO COM QUE A POLIGONAL NUNCA POSSA SER FECHADA. PEÇO AO SENHOR QUE ME MOSTRE ONDE ESTÁ O MEU ERRO E FALTA DE CAPACIDADE PARA RESOLVER ESTA QUESTÃO...

    Àquela altura, o silêncio se consolidara. Após minha conclusão ninguém ousava falar ou fazer qualquer outro barulho, o professor ainda sentado e já voltado para o quadro, parou por alguns instantes e em seguida foi voltando-se lentamente para a turma. Eu continuei de pé esperando o que ele diria. Não é novidade lembrar que embora estivéssemos numa mesma sala, sentávamos separados alunos de engenharia e de arquitetura, como se houvesse uma parede dividindo a sala. Ele voltou-se para os alunos de engenharia e começou a falar em tom de repreensão, embora em voz asperamente baixa:

    -HÁ 11 ANOS SOU TITULAR DA CADEIRA DE TOPOGRAFIA DESTA INSTITUIÇÃO...

    Citou outras disciplinas das quais também era titular, continuou:

    -...PARA PAGAR A MINHA ARROGÂNCIA E PARA MINHA DECEPÇÃO, NUNCA UM ALUNO DE ENGENHARIA - QUE EU SEMPRE PROTEGI E ELOGIEI - RESOLVEU ESTA QUESTÃO E, TAMPOUCO LEVANTOU QUALQUER QUESTIONAMENTO...

    Voltou-se para o lado dos alunos de arquitetura e conitinuou:

    -...MAS TINHA QUE SER JUSTAMENTE UM ALUNO DE ARQUITETURA, A ME APLICAR TAL FAÇANHA.

    Voltou-se para mim e continuou:

    -LHE PARABENIZO E PEÇO DESCULPAS A VOCÊ E A TODOS OS ESTUDANTES DE ARQUITETURA, PELAS COISAS QUE FALEI E PELO TRATAMENTO HUMILHANTE QUE SEMPRE LHES DEI AO LONGOS DESTES ANOS. A PARTIR DE HOJE NÃO VEREI MAIS DIFERENÇA ENTRE ALUNOS DE ARQUITETURA E DE ENGENHARIA, NEM OS TRATAREI COM DIFERENÇA...

    Sem quaquer demagogia, de fato o professor Gilmar se tornou amigo da turma de arquitetura, inclusive meu. Não guardei qualquer mágoa dele referente a este episódio. Anos depois eu soube que ele veio a falecer.

    Este fato aconteceu no segundo semestre de 1989 na Escola Politécnica da Ufba.


    Editado pela última vez por IsaacdeCristo em Qui, 15 Set 2011, 14:48, num total de 5 vezes

    _________________
    Brick wallVai construir, reformar ou investir em imóveis?
    Leia o livro "CONHECENDO OBRAS" 3ª Ed
    Autor: ISAAC DE CRISTO - Arquiteto (CAU: 171432-5)

    www.isaacdecristo.com.br

      Responder com Citação

    Fórum E-Civil
    postou em
    Advertising



    Nereu
    postou em Dom, 23 Ago 2009, 00:17
    Usuário Nível 3 | Mensagens: 108

      Não se vê mais isso hoje em dia. Pelo menos não tenho visto.
      São duas áreas bem diferentes (na teoria), embora bem parecidas (na prática).

      Li uma reportagem na Time bem interessante que falava sobre isso, mostrava como o arquiteto e o engenheiro utilizam, inclusive, regiões do cérebro diferentes quando estão trabalhando, dentre outras coisas.

      O grande problema está na definição um tanto confusa da área de atuação de cada um.

      Arquiteto X Engenheiro: Caso Real

      IsaacdeCristo
      postou em Seg, 24 Ago 2009, 10:00
      Colaborador Nível 5 | Mensagens: 3222

        Nereu escreveu:Não se vê mais isso hoje em dia. Pelo menos não tenho visto.
        São duas áreas bem diferentes (na teoria), embora bem parecidas (na prática).

        Li uma reportagem na Time bem interessante que falava sobre isso, mostrava como o arquiteto e o engenheiro utilizam, inclusive, regiões do cérebro diferentes quando estão trabalhando, dentre outras coisas.

        O grande problema está na definição um tanto confusa da área de atuação de cada um.


        Pois é amigo,

        Mas eu não diria que não há mais, até porque em 2007 eu estava numa obra lá no Paraná e não raramente eu via coisas e comentários do gênero. Mas com certeza está bem menos que antes.

        ***

        _________________
        Brick wallVai construir, reformar ou investir em imóveis?
        Leia o livro "CONHECENDO OBRAS" 3ª Ed
        Autor: ISAAC DE CRISTO - Arquiteto (CAU: 171432-5)

        www.isaacdecristo.com.br

        Pietra
        postou em Seg, 24 Ago 2009, 13:55
        Usuário Nível 4 | Mensagens: 160

          Sou formada nas duas áreas... então posso dizer que experimentei os dois lados. Realmente existe esse problema, mas é como o forista Nereu falou, se houvesse uma definição melhor do campo de trabalho, não existiria o "porquê" da rivalidade.

          _________________
          Arquiteta e Urbanista, e Engenheira Civil.
          Doutorando em Engenharia Urbana

            Responder com Citação

          Fórum E-Civil
          postou em
          Advertising


          ncis
          postou em Seg, 24 Ago 2009, 19:41
          Usuário Nível 2 | Mensagens: 54

            Sou formada nas duas áreas... então posso dizer que experimentei os dois lados.


            Pietra, você exerce as duas profissões? Como assina os projetos e trabalhos em geral?

            Paulo José Barreto
            postou em Ter, 25 Ago 2009, 11:22
            Usuário Nível 1 | Mensagens: 42

              Caros colegas de fórum
              allguem poderia me esclarecer qual a verdadeira finalidade ou relevancia do Isaac contar essa história????
              Não entendí no que um "embate" acadêmico ocorrrido ha vinte anos pode ser importante, hoje em dia???
              Todos temos nossas "histórias do tempo de faculdade", mas nem sempre são importantes ou merecem comentário nesse fórum.
              Perdoem se não entendí, mas que não vejo nenhuma utilidade isso é fato!!!!!

              Fabio Torres
              postou em Ter, 25 Ago 2009, 12:33
              Usuário Nível 3 | Mensagens: 116

                Paulo José Barreto escreveu:Caros colegas de fórum
                allguem poderia me esclarecer qual a verdadeira finalidade ou relevancia do Isaac contar essa história????
                Não entendí no que um "embate" acadêmico ocorrrido ha vinte anos pode ser importante, hoje em dia???
                Todos temos nossas "histórias do tempo de faculdade", mas nem sempre são importantes ou merecem comentário nesse fórum.
                Perdoem se não entendí, mas que não vejo nenhuma utilidade isso é fato!!!!!


                Deve ter algum bom motivo, afinal pelo que vejo Isaac é um grande contrinuidor deste fórum.

                Dos motivos irrelevantes que identifiquei:

                - Acirrar uma disputa entre arquitetos e engenheiros neste tópico (?);
                - Engenheiros são preconceituosos com arquitetos (?);
                - Arquitetos entendem mais de matemática que engenheiros (?);
                - outra (?)

                  Responder com Citação

                Fórum E-Civil
                postou em
                Advertising


                Forgioni
                postou em Ter, 25 Ago 2009, 13:04
                Usuário Novato | Mensagens: 2

                  Boa Tarde a Todos Golegas do grupo...

                  O que é mais interessante é que as pessoas se preocupam hj muito mais com o status do que com o que elas realmente são...

                  A verdade é que sempre existiu esta "TAL" divergência entre Engº e Arq.; onde na verdade o que conta é o objetivo ao qual todos tem (cada um em particular)...
                  Não adianta de nada você ser Engº,Arquit.,Faxineiro,Vendedor,Comprador,Auxiliar de.....,
                  Onde na verdade o que importa são os OBJETIVO(s) que cada pessoa tem em particular , e o melhor, poucas pessoas tem a capacidade de quebrar barreiras, pagar micos,dar vexames.....e correr atrás de seus ideais.
                  O que mais me fascina são aqueles seres que superam tudo isso sem terem medos ou vergonhas do qeu possa lhes acontecer, pois buscam um ensinamente interior p/ o resto de suas vidas....

                  Uma vez numa discução de negócios um grande empresário me disse:
                  "não importa o que você aprenda, o aprendizado é a única coisa que ninguém pode tirar de você, então aprenda de tudo um pouco p/ você poder ter completado as fases de sua vida."

                  Um grande abraço a todos..

                  _________________
                  Estou no ramo da construção civil há 12 anos...Venho por meio desta publicar meus produtos/serviços ao qual represento aqui em SP, sendo alguns deles:
                  -Gradis/Guarda Corpo/Corrimão
                  -Forros, Esqudrias e Portas em PVC
                  -Esquadrias em Ferro e Aluminio (Sob medida)
                  -Telhas Galvanizadas/Zipadas/Multidobras.

                  Caso lhes interessem, estarei disposto em atende-lôs com enorme satisfação...

                  Segue abaixo o Skype ao qual não consta no quadro de informações de perfil.
                  Skype: marcelo.forgioni

                  Paulo José Barreto
                  postou em Ter, 25 Ago 2009, 19:57
                  Usuário Nível 1 | Mensagens: 42

                    Caros colegas
                    Volto a repetir: Qual a importancia dessá história contada pelo Isaac para este fórum?????? Para que queremos saber do pensamento de um professor preconceituoso, isso ha vinte anos????
                    Muita coisa mudou... aida mais em vinte anos!!!
                    Nada contra o Isaac, gosto de suas respostas, mas achei esse tópico meio sem finalidade.
                    Um abraço a todos!!!!

                    Arquiteto X Engenheiro: Caso Real

                    IsaacdeCristo
                    postou em Qua, 26 Ago 2009, 22:00
                    Colaborador Nível 5 | Mensagens: 3222

                      Paulo José Barreto escreveu:Caros colegas
                      Volto a repetir: Qual a importancia dessá história contada pelo Isaac para este fórum?????? Para que queremos saber do pensamento de um professor preconceituoso, isso ha vinte anos????
                      Muita coisa mudou... aida mais em vinte anos!!!
                      Nada contra o Isaac, gosto de suas respostas, mas achei esse tópico meio sem finalidade.
                      Um abraço a todos!!!!


                      Prezado Paulo José,

                      Acredito que este fórum é uma comunidade para tratarmos de assuntos relacionados à Construção, Arquitetura, Engenharia, etc. e o assunto abordado neste tópico está relacionado no contexto e também presente em nossos dias.

                      Quando resolvi postar este tópico, o fiz acreditando que discussões como esta certamente contribuirão para reflexão dos colegas arquitetos e engenheiros que ainda alimentam esta rivalidade. A este propósito, parabenizo aos amigos que comentaram, inclusive com abordagens que me fazem certo de que não me enganei ao colocar este tópico.

                      Quero ainda deixar bem claro que longe está de mim recriminá-lo por não concordar ou não ter entendido os motivos pelos quais postei este tópico, afinal este é um fórum de discussão onde todos podem opinar livremente, pelo contrário, até agradeço a sua opinião e participação.

                      ***


                      Editado pela última vez por IsaacdeCristo em Ter, 14 Set 2010, 22:58, num total de 1 vez
                      _________________
                      Brick wallVai construir, reformar ou investir em imóveis?
                      Leia o livro "CONHECENDO OBRAS" 3ª Ed
                      Autor: ISAAC DE CRISTO - Arquiteto (CAU: 171432-5)

                      www.isaacdecristo.com.br


                      Responder Mensagem

                      • Tópicos relacionados

                      Construção civil, discussões gerais