Como está a sua caixa d’água?



Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder
    Responder com Citação

Como está a sua caixa d’água?

fórum » Sex, 28 Jan 2011, 13:25

Como está a sua caixa d’água?

Manter a integridade da caixa e boas condições da água auxilia no combate às doenças que podem ser transmitidas pela má conservação do produto. Atenção especial deve ser conferida às tampas.

Pouco vale investir em um bom material e produto na hora da construção ou reforma da casa, se ele não for bem instalado e mantido. E com as caixas d’água não é diferente. Por estarem, muitas vezes, expostas às condições climáticas, cuidados devem ser tomados desde a compra até a instalação e manutenção.

A má utilização pode levar a sérios contratempos. Se mal fechada, por exemplo, pode desencadear a proliferação de mosquito da dengue, entrada ou acúmulo de impurezas na caixa, deixando a água imprópria para consumo humano. Manter a caixa d’água devidamente fechada e limpa não só reduz a chance da proliferação de insetos, como proporciona saúde e qualidade de vida aos consumidores.

Por isso, preparamos algumas dicas para auxiliar o consumidor. Confira:

Escolha do material

Engana-se quem pensa que toda caixa d’água é igual. A primeira diferença e que muitas vezes passa despercebido é o material. Antigamente as caixas eram produzidas em amianto, o mesmo utilizado na fabricação de telhas. Com a evolução dos processos, passou-se a fabricar caixas em fibra de vidro, material mais resistente aos efeitos do tempo e que possibilita melhor armazenamento de água.

Atualmente, segundo a engenheira química Cláudio Muñoz, coordenadora de engenharia de aplicação da FortLev, maior produtora de soluções para armazenamento de água do Brasil, as caixas feitas em polietileno tem ganhado espaço na preferência dos consumidores por ser um dos sintéticos mais duráveis e leves disponíveis. “O polietileno já é a matéria-prima mais utilizada. A caixa é ainda mais flexível, resistente, de fácil manutenção e com excelente custo benefício. Nos modelos tradicionais, as tampas vêm com trava, diminuindo a chance de a tampa se deslocar, e nos modelos de tanque as tampas são rosqueáveis, o que garante vedação total. Aliás, esse o modelo mais utilizado em todo mundo”, explica.

No Brasil já existe também uma tecnologia que permite armazenar milhares de litros, de forma totalmente vedada. Esse tipo de reservatório é fabricado em resinas de poliéster reforçado com fibra de vidro, tecnologia conhecida como SMC e produzida de forma pioneira pela Fortlev. É mais utilizado por empresas e empreendimentos de grande porte.

Escolha do tamanho

Mas e qual a litragem ideal? Como calcular? A escolha da caixa d’água deve sempre se basear no número de pessoas da residência ou empresa. Como a média do consumo de água no Brasil por pessoa é de 150 litros/dia, a referência de cálculo segue o raciocínio abaixo:

Consumo em litros por pessoa = 150 litros/dia

Número de pessoas = 6

Dias de Reserva = 2

Reservatório ideal = 150 litros/dia X 6 X 2 = 1.800 litros


Nesse caso, deve-se optar por uma caixa de 2.000 litros.

Capacidade de armazenamento e tamanho:

Fibra de vidro: de 310 litros a 25 mil litros
Polietileno: de 100 litros a 5 mil litros
SMC: até 500 mil litros

Como instalar e limpar a caixa d'água?

As caixas d’água são acompanhadas de manuais de instalação que devem ser seguidos à risca. Há erros comuns, como instalar em locais desnivelados ou sem ventilação, enterrá-las, usar base gradeada, entre outros, que comprometem a vida útil do produto. Para ajudar nessa tarefa, siga o passo a passo abaixo e lembre-se: nunca utilize objetos abrasivos, como esponja de aço, vassouras, escovas na limpeza, pois isso torna as paredes internas ásperas, facilitando a fixação de impurezas.

1- Escolha um fim de semana para que possa fazer o trabalho com o maior cuidado possível.
2- Posicione bem a escada.
3- Amarre a boia.
4- Esvazie a caixa cuidadosamente, guardando a água para usar durante a limpeza (tampe a saída quando a água chegar a um palmo).
5- Esfregue as paredes e o fundo da caixa com escova de fibra vegetal ou de fio plástico macio. Não use escova de aço, nem vassoura. Não use sabão, nem detergente.
6- Retire a água suja com balde e a sujeira com pá de plástico.
7- Use um pano seco para secar o fundo, evitando passá-lo nas paredes.
8- Ainda com a saída fechada, desamarre a bóia e deixe entrar outro palmo de água.
9- Coloque 2 litros de água sanitária e deixe durante 2 horas.
10- Amarre a boia novamente.
11- Com uma borracha, balde ou caneca plástica, molhe as paredes internas da caixa com essa mistura de água sanitária e depois jogue o restante fora.
12- A cada 30 minutos verifique se as paredes internas da caixa estão secas. Se estiverem, molhe-as novamente.
13- Após 2 horas, ainda com a boia amarrada, esvazie a caixa abrindo a saída.
14- Abra todas as torneiras e acione as descargas. Com isso você estará desinfetando os canos de sua casa.
15- Desamarre a boia. Tampe adequadamente a caixa para que não entrem pequenos animais, aves ou sujeira. Isso evita a contaminação e transmissão de doenças.

por Tríade Comunicação


fórum
Moderador
Moderador
 
Mensagens: 220
Registrado em: Terça-Feira, 26 de Junho de 2007

    Fórum E-Civil »


    Fórum E-Civil
    Advertising
    Advertising
    Registrado em: Segunda-Feira, 21 de Abril de 2003



    Este Tópico está Bloqueado. Você não pode editar mensagens ou responder

    • Tópicos relacionados
      Respostas
      Última Mensagem

    Notícias

    Enviar Mensagens Novas: Proibído.
    Responder Tópicos Proibído.
    Editar Mensagens: Proibído.
    Excluir Mensagens: Proibído.
    Votar em Enquetes: Proibído.